As plataformas para correspondentes jurídicos funcionam?

Atualizado: 25 de Jul de 2020


Quando usadas corretamente, as plataformas funcionam, sim!


Mas como é o correto meio de uso?


Primeiramente, o correspondente deve preencher de forma completa o cadastro, pois é ali que o cliente vai olhar. É um minicurrículo. É um passo para a contratação.


Vale lembrar que são inúmeros profissionais e, para ser escolhido, é preciso ter um diferencial. Depois, responder à solicitação que realmente vai cumprir. Coloque o valor da diligência já incluindo todas as despesas que poderá ter. Deixe fácil para o cliente entrar em contato com você. Mostre atenção e profissionalismo e não escreva mensagens muito longas. Seja objetivo; é uma proposta de trabalho.


Quer ser correspondente jurídico preparado? Conheça o meu curso e inicie nessa carreira próspera e adquira experiência prática!


Fraternal abraço.

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Estudar o processo antes da diligência é importante

Um erro que alguns advogados correspondentes cometem é não olhar o processo antes de realizar uma audiência. Esse é um equívoco grave que pode arruinar o caso do contratante e, obviamente, queima